INACOM poderá atribuir a primeira licença para operar com 5G até ao final do ano

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) poderá anunciar, em breve, a atribuição da primeira licença para operar com 5G, sendo que a operadora Unitel é a mais cotada a receber essa mesma licença por estar actualmente mais preparada para começar a operar com esta tecnologia

Essa informação foi divulgada pelo jornal angolano Expansão, onde ainda acrescenta que a Africell vai começar as suas operações sem a rede 5G, mas com os serviços de telefonia já em 2022.

Segundo ainda aquele periodico nacional, a distribuição da faixa de frequência 3.3-3.7 GHz para o desenvolvimento da tecnologia 5G foi aprovada recentemente, conforme o despacho presidencial n.º200/21, datado de 23 de Novembro, e onde a frequência acima está direccionada ao serviço de telefonia móvel terrestre no sentido de tornar o mercado das comunicações electrónicas mais atractivo ao investimento privado.

Para vários analistas nacionais, a cobertura para o funcionamento da rede 5G vai exigir das operadoras nacionais maiores infra-estruturas, e onde a operadora móvel Unitel está na linha da frente para começar a operar com a tecnologia 5G.

Falando no último IV Fórum Telecom Expansão, Eduardo Vieira, Director de Planeamento Estratégico da Unitel, afirmou que as condições estão criadas para operarem com 5G. “Brevemente teremos novidades“, garantiu.

O jornal Expansão ainda revela que o INACOM poderá anunciar até o dia 31 de Dezembro de 2021 a atribuição da primeira licença para a utilização da rede 5G, tecnologia essa que trará novas oportunidades para as empresas e melhores serviços para os particulares

Fonte: menosfios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: