Angola elogiada pela inserção da mulher nas actividades de Paz e Segurança

A delegação angolana foi elogiada pela Comunidade de Desenvolvimento da África (SADC) pelo plano de inserção da jovem mulher nas actividades de Paz e Segurança, durante a conferência multilateral sobre Mulher, Paz e Segurança.

A delegação angolana é constituída por Tânia Dinis afecta ao (Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher), Virgínia Mununga (Ministério do Interior), Laurinda da Costa (Ministério das Relações Exteriores) e Irany Teixeira (Ministério da Defesa e Veteranos da Pátria), tendo a SADC reconhecido o esforço do Executivo nesta vertente. 

Segundo um comunicado (…), 1.325 Estados são instados a abordarem impactos que os conflitos têm sobre as mulheres e as meninas e a integrá-las sistematicamente nas suas necessidades e perspectivas quanto à elaboração de programas de intervenção. 

Esta iniciativa teve como objectivo reforçar o compromisso dos Estados Membros com a Agenda da SADC, ao proporcionar uma oportunidade para o Secretariado da comunidade, envolver os seus Estados Membros na implementação da Agenda de Paz e Segurança das Mulheres, incluindo o estado de desenvolvimento e implementação de Planos de Acção Nacionais e Continental

A resolução 1.325 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, aprovada por unanimidade no ano 2000, mereceu também, a análise dos presentes na Conferência Multilateral sobre Mulher, Paz e Segurança, na África do Sul, em Joanesburgo.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: