Avô suspeito de violar neta de nove anos

Um idoso de 72 anos foi detido pela Polícia Nacional no município de Viana, província de Luanda, sob suspeita de ter abusado sexualmente a neta, de nove anos, no interior da sua residência.

Segundo a porta-voz do INAC, Rosalina Domingos, o avô introduzia, com frequência, os dedos nos órgãos genitais da criança. O detido, acrescentou, ameaçava a menor de morte, para que não contasse nada a ninguém, mas a criança decidiu explicar o que estava a se passar aos familiares, que de imediato ligaram para o INAC. O caso está a ser acompanhado por instrutores da Direcção de Ilícitos Penais do município de Viana.

Rosalina Domingos explicou que na província do Cuando Cubango o INAC registou um caso de homicídio voluntário, em que foi vítima uma criança de três anos. O crime foi supostamente praticado pelo pai, que cortou a garganta do filho.   

A porta-voz do INAC deu a conhecer que, na província de Luanda, o INAC recepcionou 71 denúncias, com destaque para o caso de abuso sexual de uma menor de 16 anos, praticado por um indivíduo de 36 anos, tendo resultado em gravidez.

Os familiares da vítima, acrescentou, pretendem que o indivíduo faça o pedido para o matrimónio. O caso foi encaminhado para o Comando Municipal da Polícia Nacional e para o Gabinete Municipal da Acção Social.

Na província do Bengo, informou, o INAC registou 15 ocorrências, com destaque para dois casos de tentativa de rapto, por uma cidadã de 43 anos, de nacionalidade congolesa, que, durante nove meses simulou uma gravidez. 

Rosalina Domingos fez saber que o INAC está preocupado com o aumento de casos de violência contra a criança, tendo acrescentado que, na última semana, foram registadas 318 ocorrências nas províncias do Bengo, Benguela, Cunene, Cuando Cubango, Luanda, Malanje e Zaire. O INAC, referiu, tem promovido campanhas de sensibilização sobre as consequências da violência contra a criança, visando a redução de casos nas comunidades.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: